quinta-feira, 13 de novembro de 2014

sem garantia







































procura-me por todos os lados, 
procura-me às escuras por todos os lados, estarei
algures, fremindo, criando bichos entre
os braços e as pernas, aguardando que
me salves. só assim te amarei, se souberes
descortinar o caminho para o lugar onde
me escondo, com medo, com fantasmas,
feito para ser amado apenas por quem,
avistando-me no fundo do poço, me
puder querer sem garantia de outra condição.





Valter Hugo Mãe














Sem comentários:

Publicar um comentário