quarta-feira, 27 de outubro de 2010

um poema





















Um poema não é mais
do que uma conversa na penumbra
do forno velho, quando já
todos se foram embora, e ruge
lá fora o bosque profundo; um poema


não é mais que algumas palavras
que alguém amou e que trocam
de lugar com o tempo, e já
não são mais que uma mancha,
uma esperança indizível;


um poema não é mais
que a felicidade, que uma conversa
na penumbra, que tudo
o que desapareceu e é
já silêncio.






Eliseo Diego


























Sem comentários:

Publicar um comentário