segunda-feira, 24 de outubro de 2011

e eu gosto do vento


















Está hoje um dia de vento e eu gosto do vento
O vento tem entrado nos meus versos de todas as maneiras
e só entram nos meus versos as coisas de que gosto
O vento das árvores o vento dos cabelos o vento do inverno o vento do verão
O vento é o melhor veículo que conheço
Só ele traz o perfume das flores só ele traz a música
que jaz à beira-mar em agosto
Mas só hoje soube o verdadeiro valor do vento
O vento actualmente vale oitenta escudos
Partiu-se o vidro grande da janela do meu quarto





Ruy Belo








13 comentários:

  1. é que não há nada como a ventania/
    para apagar a vã chama da poesia
    ;)

    ResponderEliminar
  2. lá diz o velho provérbio alfacinha :)

    ResponderEliminar
  3. ah pois... imperdoável, queira desculpar - "acabado de inventar"

    ResponderEliminar
  4. Conheça o grupo ATRAÇÃO DOS MOLEKES
    ”pagode com malícia mineira"
    http://atracaodosmolekes.blogspot.com/
    A/C João Batista Pereira (35) 3295-4031
    ===========================================
    SE VOCÊ GOSTA DE FILMES, DESENHOS, SERIADOS E SÉRIES DE TV, NÃO DEIXE
    DE LER O FANZINE EPISÓDIO CULTURAL.
    VOCÊ PODE PARTICIPAR ENVIANDO SUGESTÕES.
    A/c CARLOS: machadocultural@gmail.com

    ResponderEliminar
  5. Olá, Paula

    Eu gosto do vento da poesia do Ruy Belo.

    Não gosto de vendavais;
    Não gosto da combinação dele com a chuva intensa.

    Ah, e gosto muito de vir até, independentemente de "Vendavais"

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Olá JPD, eu gosto de vento... vendavais como o de ontem...espero não tornar a ser apanhada por mais nenhum.
    É sempre bem vindo, boa noite!
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Lindo...eu tbm amo o vento,a chuva...enfim amei!♥

    ResponderEliminar
  8. Respostas
    1. e eu tenho uma relação especial com ele...

      Eliminar