segunda-feira, 27 de maio de 2013

chegar antes de ti














Como gosto, meu amor, 
de chegar antes de ti para te ver chegar: 
com a surpresa dos teus cabelos, e o teu rosto de água 
fresca que eu bebo, com esta sede que não passa. 

a mais certa certeza de que gosto de ti, como 
gostas de mim, até ao fundo do mundo que me deste.





Nuno Júdice







Sem comentários:

Publicar um comentário